terça-feira, 29 de abril de 2014

Resenha: Série Garota Garoto - Nada é Para Sempre - Ali Cronin

Postado por Diandra By Di às terça-feira, abril 29, 2014


Olá, Tudo bem?

Estou muito contente com os comentários que vocês estão deixando aqui no blog ^^

A resenha desta semana é da série Garota Garoto, livro um, chamado Nada É Para Sempre - Ali Cronin.



Autor:  Ali Cronin
Editora: Seguinte 
Páginas: 271
Classificação:
 3 / 5




Sinopse
"Cass é a namorada fiel. Ashley não leva nada a sério. Donna é festeira. Ollie é mulherengo. Jack é esportista. Rich talvez seja gay. Mas e Sarah? Os amigos sempre tiram sarro dela por ser certinha demais, mas ela só está esperando pelo cara certo e agora tem certeza de que o encontrou. Será que ele sente a mesma coisa? Ou tudo não passa de uma paixão de verão? Acompanhe o emocionante último ano de escola de quatro garotas e três garotos de dezoito anos."


O que eu achei do livro?
Bom, para falar deste livro é impossível não começar comentando da série.
Eu gosto da série Garota Garoto, porém a personagem deste primeiro livro me irrita muito.
Ela é o tipo de garota pegajosa e inocentemente burra, que me tira do sério.
A série vai contar a história de garotas e garotos todos amigos que convivem no mesmo grupo, e estão frequentando o último ano escolar.
Todos tem dezoito anos e são bem distintos uns dos outros.
O livro apresenta a tipica amizade que você têm ou já teve no colegial.
Neste primeiro livro vamos conhecer a Sarah, uma garota que, no grupo, tem a imagem de ser a mais santinha e chata.
Ela, na verdade, é uma garota comum.

"Não que eu tivesse problemas de autoestima. Não passava horas diante do espelho detestando o meu corpo; não usava maquiagem demais; tinha planos. Queria ser escritora quando crescesse, e tinha todas as intenções de conseguir. Tipo, eu já podia ver meu eu futuro em uma noite de autógrafos em qualquer livraria. Mas me imaginar fazendo sexo? Muito menos plausível. vai entender."  

Ela viaja com os pais nas férias de verão, e em uma bela praia ela conhece o Joe, um garoto mais velho, estudante universitário, que também esta curtindo as férias de verão.

"...Joe tinha dentes ridiculamente perfeitos, o que explicava tantos sorrisos. Exibido. Olhou para baixo para espantar um mosquito do pé, e eu aproveitei a chance para dar uma olhada geral. Cabelos castanho-claros meio duros por causa da água do mar, olhos castanho-escuros, esbelto, porém não magricela, vestindo nada além de um short largo de natação. Não tinha como negar: era um gato."

Até ai tudo bem, a nossa protagonista conhece um garoto bonito, boa pinta, e eles começam a sair. Pouco antes das férias terminarem ela decidi perder sua virgindade com ele.
Séria tudo muito lindo se ela não tivesse se apaixonado pelo traste. E sim, Joe é um traste.
Eles trocaram números de telefone, ambos conversam de vez em quando.
A Sarah é muito ingenua, ela acredita em tudo o que esse cara diz. Está na cara que ele não quer um relacionamento com ela, que para ele, foi só um amor de verão.
A maioria das pessoas normais já passaram por isso. Mas, como mulher, você tem que ser madura o suficiente para saber que em 99% dos casos de amor de verão, duram somente até o final do verão, depois é cada um para o seu lado e fim.
A Sarah não aceita isso, porque ela está apaixonada por ele. E ela quer lutar para que eles fiquem juntos. O Joe engana a pobre menina o livro todo.
E os amigos dela conversam com ela, e dizem para ela desencanar e enfim, partir para outra. E a Sarah só insiste tanto por que o maldito Joe fica dando esperança para ela.
A grande verdade é que ele a usa para sexo e só.
Quando ele quer ele liga para ela. Quando ele quer ele responde as mensagens dela. Quando ele quer os dois se encontram.
Ele têm vergonha dela, por ela ser uma garota de colegial e ele já está na universidade.
E todas as vezes que ele quer sexo ele liga para ela, e a Sarah sai correndo para encontra-lo. Ela larga a escola, larga os amigos, larga o que ela estiver fazendo e vai encontra-lo.
Então, você passa o livro todo torcendo para ela deixar de ser idiota e acordar.
O livro tem uma ótima narrativa, é muito bem escrito. O mais legal é que você se identifica com a temática. Principalmente por que são coisas que todos passamos.
Você, garota que está lendo, certamente já correu atrás de alguém que não prestava.  E se nunca se apaixonou por um cafajeste, você ainda vai se apaixonar.
Se eu recomendo este livro?
Sim. A série é muito boa, e certamente você vai se identificar com a história de alguns dos personagens.
Assim que eu puder eu vou fazer a resenha dos outros livros.
Garota Garoto é uma série que eu indicaria para New Adults, então se você ainda está lendo Paula Pimenta, esqueça esta série.

9 comentários:

Ana M. V. - Vício em Livros on 30 de abril de 2014 03:28 disse...

Olá Diandra :)
Estou querendo ler esse livro faz teeeeempo!
Sou apaixonada por New Adults, então realmente acho que poderia me dar bem com essa série.
Amei a resenha!
Beijos,
Ana M.
http://addictiononbooks.blogspot.com.br/

Evelise Ciriraco on 30 de abril de 2014 10:30 disse...

Não sou muito fã de New Adults, mas tenho vontade de ler essa série... Gostei muito da sua resenha!
Beijos
http:://sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br/

Carolina Hermanas on 1 de maio de 2014 18:46 disse...

Típica história clichê que adoramos ler né? HAHAHAHAHHAHA :P
Eu ameiiii a resenha <3
e sim, Como Romeu e Julieta é ótimooo.Eu farei resenha logo mais lá ^^


beeijão ^^
http://borboletametamorfoseando.blogspot.com.br/

Bruna Souza on 1 de maio de 2014 19:01 disse...

oi, tudo bem? já vi esse livro na livraria, mas não sabia do que se tratava. Adoro NA, e agora vou dar uma chance a série, rs
adorei a dica e ótima resenha

beijos
http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

Ana Caroline on 4 de maio de 2014 17:45 disse...

Eu quero ler essa série, mas estou lendo tantas que estou dando uma pausa e procurando ler mais livros únicos.

Beijos.

http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

Diana Canaverde on 5 de maio de 2014 12:41 disse...

Olá flor, tudo bem?
Desculpe a demora de vir retribuir a visita que fez em meu cantinho. Obrigada e já estou seguindo também.
Eu já me apaixonei por um cafajeste rsrsrs, mas sempre tive os pés no chão pra mim a virgindade sempre foi muito importante não iria entregar ao primeiro que aparecesse e ainda mais fazer tudo por ele. As vezes as meninas achavam que eu não estava apaixonada de verdade, mas estava a questão é que sempre fui muito desconfiada então fazer tudo por um cara tinha seus limites. Mas eu gostei da resenha. Eu gostei da premissa... gostei de todo o contexto porque é o tipo de leitura que gosto... embora a garota parecendo uma tonta rsrsrsrs vale a pena conferir, acredito na hipótese dela amadurecer e mandar esse cara se catar no decorrer final do livro rsrsrsrsrs.

Xero!!!

http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

Kel Araujo on 9 de maio de 2014 11:53 disse...

Oiee, tudo bem?

Confesso que sou bem curiosa para ler esse livro, mas ainda não tive a oportunidade de comprar. Acho que eu iria me irritar um pouquinho com a Sarah huahuahuahua não gosto desse tipo de garota bobinha.

beijos
Kel
www.porumaboaleitura.com.br

Desbravadores de Livros on 18 de maio de 2014 11:56 disse...

Não gosto muito de NA, mas, como gostei da sua resenha, talvez eu dê uma chance a série.

M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de Maio

Adriana Macedo. on 1 de junho de 2014 15:35 disse...

Eu amo New Adult mas essa serie não me animou muito, adorei a sua resenha, mas ainda assim infelizmente não rolou.

Bjs
http://meupassatempoblablabla.blogspot.com.br

Postar um comentário

Link

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Livros da Tarde Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos